google-site-verification=4kUGTlhKHrFdv16frdaS3RWR1VT7rC9rmiTO__6uG-c
top of page
  • Foto do escritorET

A história da Paróquia

Atualizado: 17 de jun. de 2023



Paróquia: A paróquia é uma subdivisão territorial de uma diocese, eparquia ou bispado, dentro da Igreja Católica, da Comunhão Anglicana, da Igreja Ortodoxa Oriental, da Igreja da Suécia, da Igreja Presbiteriana (embora não possua governo episcopal) e de algumas outras igrejas. A palavra "paróquia" é também usada para se referir de um modo mais geral ao conjunto de pessoas que frequentam uma determinada igreja. Neste uso, uma paróquia é um ministro que serve uma congregação.


Quem definiu o nome “São Thomé das Letras” à localidade foi o Pe. Francisco Alves Torres, um afamado jesuíta que se tornou eremita na Serra das Letras, determinado a buscar uma maior proximidade com Deus através da contemplação das maravilhas da natureza. Foi a pedido deste padre que a Autoridade Diocesana de Mariana, em 9 de março de 1770 concedeu uma Provisão para que fosse erguida uma capela em devoção ao Santo, a primeira da localidade.


A capela de São Tomé foi primeiramente subordinada às Freguesias de Lavras do Funil e de Baependi, sendo que iniciou-se a construção da atual Igreja em louvor à São Tomé, tendo como autor das pinturas no forro da Igreja, o artista Joaquim José Del Rei e discípulo do Mestre Ataíde. Tais obras foram executadas entre os anos de 1874 e 1884.


No ano de 1824, o templo religioso em louvor a São Tomé recebeu a visita do Bispo D.Frei José da Santíssima Trindade e Sá, ocasião em que já se encontrava pronta com trabalhos ornamentais.

Nomeado como seu primeiro vigário colado, o Padre João Ribeiro Maia, que constituiu o patrimônio da Paróquia com a doação de suas pedreiras, que por sua vez haviam sido doadas pelo Barão de Alfenas à Igreja, cuja extensão da área ficou conhecida por “Serra do Patrimônio”. Assumiu a paróquia em 1841 e permaneceu no sacerdócio em São Tomé até sua morte, tendo-se registros e anotações de batizados por ele realizados até o ano de 1889.


Referência: Ricardo Kayapó - São Thomé das Letras e sua verdadeira história



Horário de missa:

Quinta feira 15:00 h. matriz;

19:00 horas matriz;

1ª sexta 15:00 horas matriz

19:00 horas matriz

Sábado 19:00 horas Rosário;

Domingo 09:00 h. Matriz

19:00 h. Matriz

Horário de funcionamento da Igreja Matriz: segunda 13:00 - 16:00 horas (combinar com Eliete sacristã);

Igreja Matriz: quarta feira 13:00 - 16:00 horas (combinar com Eliete sacristã);

Igreja Matriz: quinta parte da manhã limpeza igreja matriz - abertura para público das 14:00 às 20:30 horas (combinar com Eliete sacristã);

Igreja Matriz: sexta feira 14:00 - 16:00 horas (combinar com Eliete sacristã);

Sábado 09:00 às 12:00 horas (combinar com Eliete funcionária)

Domingos nós horários de Missa



Propaganda Patrocinada



ONDE SE HOSPEDAR EM SÃO THOMÉ DAS LETRAS:



Chalés de madeira estilo suíço, com roupas de cama e banho 300 fios algodão egípcio, um excelente café da manhã juntamente com todo o charme e energia do nosso jardim. Uma pirâmide de vidro para meditação e apreciação do céu estrelado e uma fogueira para noites frias, ritualísticas e comemorativas.




72 visualizações0 comentário
bottom of page